25 janeiro 2016

Arroz de polvo malandrinho

Às vezes tenho a sensação que o fim de semana não dá para tudo o que planeio fazer. Chego a segunda-feira e percebo que uma grande parte ficou para trás, e tudo porque os meus dois amores só pensam em passear e os planos deles baseiam-se à volta disso. O que nunca fica para trás são os meus cozinhados. Nunca estou cansada para cozinhar e há sempre receitas a testar, que não é o caso desta.
Um arroz de polvo sabe sempre bem e tenho a sorte que o "piolho encardido" também aprecia e escuso de fazer um prato diferente para ele. Desde que me lembro que cozo sempre o polvo ainda congelado na panela de pressão e fica sempre tenro, palavra de escoteiro!

Ingredientes para (+-) 5 pessoas:
Para cozer o polvo:
- 1 polvo congelado com 1.5 kg
- 1 cebola inteira sem a casca
- 1 dente de alho inteiro sem a casca
- 1 folha de louro
 Para o arroz:
- 1 cebola grande picada
- 1 dente de alho grande picado
- 1 folha de louro
- azeite q.b.
- 1/2 pimento vermelho cortados aos cubinhos
- 2 tomates maduros sem pele e sementes cortados aos cubinhos (usei tomate chucha)
- 100ml de vinho branco
- 1 colher de chá de paprika
- 350g de arroz carolino (medir o arroz com uma chávena)
- 3 medidas da mesma chávena de água de cozer o polvo
- sal grosso q.b.
- 1 pequeno molho de coentros frescos picados

Preparação:
Cozer o polvo ainda congelado na panela de pressão, juntamente com a cebola, o alho, o louro e encher de água até cobrir, ou até meio da panela (caso o polvo não caiba deitado na panela). Deixar cozer cerca de 15 minutos depois de levantar fervura, e baixar um pouco o lume. Depois de sair a pressão da panela, abrir a tampa cuidadosamente e verificar se está tenro. Deixar arrefecer um pouco dentro da água. Retirar, escorrer e cortar aos pedaços. Reservar o polvo e também a água da cozedura.

Levar um tacho grande ao lume com um fio de azeite e refogar bem a cebola, o alho e o louro. 
Acrescentar primeiro o pimento para amolecer um pouco, e de seguida o tomate, e deixar a reduzir uns minutos. Adicionar a paprika, envolver bem e de seguida refrescar com o vinho branco até evaporar o álcool. 

Adicionar o arroz e deixar um minuto a estalar, mexendo sempre. Acrescentar a água de cozer o polvo, retificar o tempero de sal e deixar a cozer em lume médio/alto até o arroz abrir. Enquanto coze o arroz, juntar o polvo também. Sempre tapado para que fique um arroz caldoso.

Servir de imediato polvilhado com coentros (ou salsa) picados a gosto. Bom apetite!

12 comentários:

  1. Está muito apetitoso! Este fim de semana também comemos polvo! E filhoses fritas da minha mãe! Foram talvez as únicas coisas boas deste fim de semana já que o entupimento da canalização da minha cozinha estragou todo o resto! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então espero a tua receita no teu blogue. E que chatice bem grande, espero que não tenhas tido muitos estranhos. Fico a torcer por ti. E calma que tudo se resolve. beijinho grande

      Eliminar
  2. Carla adoro arroz de polvo , mas aqui em casa agora sou a unica de repente os homens deixaram de gostar...vamos lá saber porquê.
    O teu ficou de dar água na boca e apesar de ser hora do lanche eu comia um prato bem servido.
    Boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cá em casa eles adoram, e o miúdo de tanto ouvir o pai pedir polvo, começou a comer também, e assim é mais prático. Se bem que já lhes disse que estes primeiros meses do ano temos de poupar e nada de me pedirem menus careiros. beijocas e bons cozinhados.

      Eliminar
  3. Que engraçado, hoje cá em casa o almoço também foi arroz de polvo malandrinho, embora eu não tenha comido (não ando muito para aí virada). O teu está com óptimo aspecto :)
    Gulosoqb

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hummm então não comeste? Mau, mau, que desperdício. Mas pronto há dias assim, que não nos apetece comer determinado prato. Comes para a próxima :). beijinhos

      Eliminar
  4. Uma excelente refeição! Polvo não é para mim mas o to ia adorar!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem toda a gente aprecia, o que é uma pena, pois estão a perder uma experiência culinária ;). Eu cá já consigo comer a maioria das coisas que não gostava quando era miúda, uma delas era coelho, que já como, mas nunca fiz em casa. beijinhos

      Eliminar
  5. Humm...adoro arroz de polvo. Que aspecto fantástico. Delicia!!
    Bjinhos!!

    Tânia Tiago
    Bimby & Sabores da Vida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então já somos duas! beijinho e boa terça-feira.

      Eliminar
  6. Já sigo o blog há algum tempo e acho absolutamente fantástico, parabéns! Este fim de semana decidi reproduzir esta receita, e foi a primeira vez que cozinhei polvo, ficou divinal. Obrigado por partilhar este conhecimento, que ajuda a fazer muitas mesas e pessoas felizes...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada eu Rui pelo voto de confiança. Ainda bem que correu bem, por vezes as mesmas receitas correm bem a uns e a outros não, pois há dias assim, e eu tento que a minha explicação apesar de meio trapalhona faça resultar sempre. Obrigada!

      Eliminar

Comentem e critiquem à vontade. Estou aqui para partilhar e também para aprender. Apenas não serão publicados comentários sem serem assinados e desprovidos de sentido.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...