26 maio 2017

Fettuccine (sem glúten) com alho e bacon

Prepara-se a chegada de um fim-de-semana caótico, no bom sentido. Juntar os amigos, as crianças e um cão, numa aventura que promete muitas gargalhadas, muito caos e muita brincadeira. Agora é o São Pedro ajudar à festa, mas aviso-o já que mesmo que chova pedras da calçada, nada vai estragar os meus planos. 
A receita de hoje é uma massa à base de milho, 100% natural e isenta de glúten da "Sam Mills", feita a pensar nas pessoas intolerantes ao glúten, mas também para quem queira fugir de quando em vez ao trigo e equilibrar a sua dieta. Desenganem-se quem por aí achar que esta meia dúzia de ingredientes singelos não fazem uma massa saborosa. Bom fim-de-semana! Aproveitem cada minuto.

24 maio 2017

Salada de tomate, pimentos assados e cavala (temperada com salicórnia)


A Joana do Limited Edition desafiou-me a fazer uma receita saudável e eu nunca digo não a um bom desafio.

Eu gosto de comer. Gosto mesmo, embora ninguém leve a sério esta mulher franzina que parece que faz uma dieta diária rigorosa para manter a linha.
Nada disso, apenas fui abençoada com uma boa genética, e até costumo dizer em tom de brincadeira que por dentro estou bem gordinha.

A comida para mim tem um lugar especial e cativo na minha vida que gira quase tudo à volta dela. Qualquer motivo é bom para sentar todos à minha mesa e festejar com imensa comida.
Não digo que não a nada. Gosto de tudo. Aprendi a apreciar cada prato, até mesmo aqueles que em jovem abominava. É assim que tento educar o palato dos meus rapazes. Ensiná-los a aceitar cada ingrediente, independentemente do seu sabor ou da sua textura. Todos têm o seu lugar na nossa alimentação.

Comer de forma saudável é tudo uma questão de equilibro para mim. Se ontem abusei com um bom cozido à portuguesa, hoje vou colocar na mesa um peixe cozido com legumes.
Gosto de ingredientes de boa qualidade, gosto de fazer boas escolhas, o que nem sempre é fácil para o orçamento mensal familiar. Com afinco e boa vontade podemos sempre mudar a nossa alimentação com pequenos gestos, mesmo que seja só algumas vezes durante o mês. 

Evitar produtos processados, escolher peixe de mar, comer mais carnes brancas, utilizar mais o azeite na confeção dos pratos em vez de óleo, ou escolher um óleo melhor, por exemplo o óleo de coco, frutas e legumes biológicos quando estão a um bom preço, e nos doces e sobremesas utilizar mais o mel, o açúcar de coco, adoçar com frutos secos, etc.

Venho de uma família de hipertensos e uma das minhas grandes preocupações é o sal em excesso. Por isso tudo o que sai da minha cozinha tem além de outros, esse cuidado especial com o sal.
Elaborei uma salada bem simples e fresca, temperada com salicórnia e um bom azeite, e na hora de escolher a conserva, decidi pela cavala em conserva de azeite. Uma salada sem presunções e muito honesta.

23 maio 2017

Bimis, courgette e cogumelos grelhados com queijo feta

Para hoje a minha sugestão é uma travessa de coisas boas grelhadas e com o toque do queijo feta para finalizar. Tanto serve para um acompanhamento como para uma refeição ligeira. Faço muitas vezes estas combinações, antes desta em vez de cogumelos pus berinjela, agora os bimis são insubstituíveis para mim.

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...